Dicas de como se comportar em um "pelotão" e treinamentos em grupo.

     É muito legal poder observar que o ciclismo cada vez mais venha ganhando novos adeptos e amantes, e cada vez mais está ficando mais frequente sairmos para as estradas e poder ver ciclistas solitários ou em grupos a realizar seus treinamentos ou passeios com suas bicicletas. Em busca de maior segurança no transito e contra as violências de nossas grandes cidades e também por ser uma forma mais prazerosa pedalar em grupos do que sozinho, tem aumentado o números de “pelotões” pelas estradas, pensando nisso resolvi escrever este pequeno artigo passando algumas dicas de como se comportar neste tipo de treinamento.

      Treinos em grupos são mais legais, você consegue ir mais longe do que se imagina, é mais seguro, você fica mais visível em meio aos acostamentos e estradas tornando nossas pedaladas mais legais e prazerosas, porém existem alguns “riscos” e preocupações, que é interessantes termos em mente para nossa segurança, e melhor aproveitamento desses treinos.

Fonte de imagem: Internet

      Quando falamos em pelotão a primeira imagem que nos vem em mente, são aqueles grandes e coloridos pelotões que vemos na transmissão das grandes provas Europeias (Tour de France, Giro da Itália e Vuelta a Espanha). Isso só é possível acontecer nas grandes provas supervisionadas pelas entidades locais, realizando o fechamento das rodovias pelas quais elas passam.

       Voltando a realidade do atleta amador ou dos atletas de final de semana, segundo o Código de Transito Brasileiro – CTB, Art. 58. Nas vias urbanas e nas rurais de pista dupla, a circulação de bicicletas deverá ocorrer, quando não houver ciclovia, ciclofaixa, ou acostamento, ou quando não for possível a utilização destes, nos bordos da pista de rolamento, no mesmo sentido de circulação regulamentado para a via, com preferência sobre os veículos automotores. Portanto o ciclista pode sem circular pelas rodovias. Porém é necessário ter cuidados para prevenção de acidentes.

Fonte de imagem: Arquivo pessoal

Fonte de imagem: Internet

     Em um pelotão em estrada aberta o mais seguro é tentar manter uma fileiras de 2 ciclistas alinhados lado a lado, com os demais fazendo o aproveitamento do vácuo que os ciclistas da frente fazem ao quebrar a resistência do ar.

      Dentro de um pelotão, manter-se agrupado significa que o grupo pode manter um ritmo constante por um tempo maior sem ter que ficar reduzindo o ritmo frequentemente para esperar outro ciclista, mas para que isso aconteça, é preciso o primeiro homem que esteja a puxar o ritmo, tenha que reduzir o ritmo em determinados pontos, cuidando com que nenhum outro ciclista com menor condicionamento físico venha a perder o grupo e não conseguir acompanhar o ritmo sozinho para alcançar novamente.

       Sabendo que quanto maior for o grupo, maiores são as chances de passar em cima de pedras, cacos de vidros, farpas de metal, buracos, e quaisquer outros lixos e problemas que as rodovias possam ter, aumentando assim 

as chances de ter furos de pneus. Sabendo disso a melhor maneira de minimizar estes riscos é sempre o ciclista à frente e estar comunicando algum obstáculo indicado com as mãos ou então até com alguma mensagem sonora, isso não somente os primeiros a puxar, e sim todos que observarem o sinal dos da frente, por exemplo, o primeiro ciclista indica um pedaço de pneu de caminhão, a segunda e a terceira ou até a quarta coluna conseguem ver esse aviso, mas quanto maior for o grupo, os ciclistas lá das ultimas colunas se todos os da  frente deles não comunicarem dificilmente irá ver este aviso, vindo a bater no pedaço de pneu podendo ver causar uma queda ou furo de pneu.

       

     Outro ponto que se deve ter certo cuidado, é onde se posicionar no vácuo de um amigo, a utilização do vácuo no ciclismo é utilizado para a quebra da resistência do ar, onde sempre o ciclista de trás estará fazendo um esforço menor que o ciclista que estiver à frente, se esforçando contra o vento. Sendo assim se não tiver cuidados acidentes podem acontecer, como toques na roda do ciclista à frente assim que ele mudou de direção e o ciclista de trás vindo a cair. Este é um ponto de muita atenção, 

dependendo da forma que você toque esta roda, você pode ser jogado para dentro da rodovia e esse acidente vindo a ser fatal por isso muita atenção e cuidado é preciso, mantenha sempre com as mãos em seus manetes os posicionados para uma eventual frenagem rápida, olhos atentos à distância em que esteja da roda do companheiro da frente, deixando um pequeno espaço de segurança evitando incidentes.

         Caso haja revezamento no grupo, os dois primeiros sempre saíram para suas laterais “vazias” reduzindo a velocidade até que todos os ultrapassem e possam entrar novamente ao final da fila, podendo fazer um esforço menor no vácuo dos demais ciclistas.

 

       Esperamos que essas dicas tenham sido de muita valides a vocês ciclistas iniciantes e amadores, que estejam iniciando ou participando de grupos em ruas e estradas, respeite sempre o coloca ao lado, e prese pela segurança de todos, se queremos respeito temos que mostrar respeito e exemplo a todos.

 

 

 

 

        Nos vemos na estrada.

Por Rubens Matias. 

TRAINING STRONG ASSESSORIA ESPORTIVA - TREINAMENTO PARA CICLISMO - TREINAMENTO PARA MOUNTAIN BIKE 

© 2015 by TrainingStrong. All rights reserved